Linhas de apoio ao Turismo. Qual a estratégia para o futuro?

11/10/2017

Linhas de apoio ao Turismo. Qual a estratégia para o futuro?

Estratégia Turismo 2027 - F. Iniciativas como parceiro

O Turismo precisa de todos e todos precisam do Turismo

O turismo em Portugal é área que mais contribuí para a economia. Isto resulta de um trabalho conjunto entre entidades públicas e privadas, ao longo de mais de uma década. Em 2016, os resultados foram inéditos nos principais indicadores: receitas, dormidas, hóspedes, emprego e exportações.

O crescimento foi visível em todas as regiões de forma consistente e regular, confirmando-se a importância de um forte investimento através dos resultados obtidos.

Qual os principais pontos da Estratégia Turismo 2027?

Segundo, a Estratégia para o Turismo em Portugal, é preciso antecipar os desafios da próxima década. Para tal, deve-se planear os objetivos a longo prazo e cultivar a cooperação entre os intervenientes. Apelando a um maior sentido estratégico e ao enquadramento com o futuro quadro comunitário de apoio 2021-2027.

No centro desta estratégia estão as Pessoas que assumem um papel central para a liderança, do turismo, do “futuro”. Onde a visão passa pelo posicionamento de Portugal como um dos destinos turísticos mais competitivos e sustentáveis do mundo. Foram, de igual forma, estabelecidas prioridades com base em cinco eixos estratégicos:

  • Valorizar o território;
  • Impulsionar a economia;
  • Potenciar o conhecimento;
  • Gerar redes e conectividade;
  • Projetar Portugal;

Traçaram-se metas de sustentabilidade: económicas, sociais e ambientais. Aumentar a procura em todo o território e crescer até aos 26 mil milhões de euros, fazem parte dos objetivos económicos. Pretende-se ao nível social, atingir em 2027 o índice de sazonalidade mais baixo de sempre, duplicar o nível de instrução dos trabalhadores do turismo e assegurar que esta atividade tem um impacto positivo nas populações residentes. Assegurar que mais de 90% das empresas adotem medidas eficientes de utilização de energia e de água e que desenvolvam ações de gestão ambiental de resíduos.   

A ET27 foca-se sobretudo em 10 ativos estratégicos do turismo nacional: pessoas; clima e luz; história e cultura; mar; natureza; água; gastronomia e vinhos; eventos artístico-culturais, desportivos e de negócios; bem-estar; living ­– viver em Portugal.

Quais os apoios em aberto neste momento?

O Turismo de Portugal tem as seguintes linhas de apoio que visam prestar apoio técnico e financeiro às entidades públicas e privadas no setor do turismo:

  • Linha de Apoio à Qualificação da Oferta 2017-2018

O Turismo de Portugal, em parceria com o Sistema Bancário e a Portugal Capital Ventures, disponibilizam um instrumento financeiro, com um orçamento global de 90 milhões de euros, até 31 de dezembro de 2018, para o financiamento a médio e longo prazo de projetos de investimento de empresas do Turismo que se traduzam, sobretudo, na requalificação empreendimentos turísticos, criação de empreendimentos turísticos inovadores, projetos na área da animação turística e da restauração, bem como projetos de empreendedorismo turístico.

  • Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior

O Programa Valorizar, criado pelo Despacho Normativo n.º 9/2016, de 28 de outubro, tem por objetivo promover a contínua qualificação dos destinos através da regeneração, requalificação e reabilitação dos espaços públicos com interesse para o turismo e da valorização do património cultural e natural do país.

  • Linha de Apoio à Disponibilização de Redes Wi-Fi

O objetivo da presente Linha prende-se essencialmente com o apoio ao investimento em projetos de disponibilização de acesso Wi-Fi nos centros históricos e em zonas de afluência de turistas, maximizando assim a experiência em Portugal, promovendo dessa forma a gestão inteligente dos destinos e posicionando o turismo como líder no desenvolvimento de smart destinations, estimulando as empresas a inovar na relação com o cliente.

Mais informações: aqui.

Futuras linha de financiamento?

Para além, do Portugal2020 no decorrer do presente mês de Outubro vai ser aberta uma nova linha de financiamento destinada apoiar projetos de sustentabilidade no Turismo. Esta informação foi revelada no passado dia 27 de Setembro pela Secretária de Estado para o Turismo, Ana Mendes Godinho.

Com uma dotação de 10 mil milhões de euros, este novo instrumento “visa atingir os objetivos e metas traçados no âmbito da ET27 no que à sustentabilidade social e ambiental diz respeito” e destina-se “a empresas, entidades públicas e associações de comércio ou de moradores, assim como de entidades de natureza e fins análogos que apresentem projetos de investimento que promovam a sustentabilidade social e ambiental no turismo, contribuindo, deste modo, para o reforço da competitividade de Portugal enquanto destino turístico”, informa o comunicado da Secretaria de Estado do Turismo.

Fontes:

Estratégia Turismo 2027 – Liderar o Turismo do Futuro

https://www.publituris.pt/2017/09/27/ha-10me-promover-sustentabilidade-no-turismo/